1 de maio de 2006


Estava pensando na tua boca!


Tua boca que me ofertas palavras apaixonadas, promessas de união, desejos sussurrados, risadas embriagadas. Essa tua boca que conhece meu território, pois, por diversas vezes, passeou em mim. Tua boca que se apodera da minha língua como se fosse um bem estimado. E tua língua invade minha boca como se fosse tua casa. Tua boca, mesmo silenciosa, diz que desejas a minha, avivando meus anseios, me fazendo desejar veementemente beijar-te. Quero tua boca na minha boca, em meus olhos, em minha nuca, em meu ventre...
Ah!Se tua boca permanecesse em mim!
(ana maria de abreu siqueira)
(Foto de Ricardo Tavares)
Quem lia meu antigo blog vai reconhecer!

Um comentário:

Fabi disse...

Oi, tudo bem?
Adorei sua visita e mais ainda o seu blog...
Você escreve textos lindos,
Eu AdOrEi...
Vai me visitar mais vezes...
Millll beijinhos.......