10 de março de 2009

Aprendi a voar

Quando criança queria aprender a voar e realizar sonhos
Desejei ter nascido fada
Com asas longas e varinha de condão
Daí eu cresci
E hoje acredito que sou fada
Pois percebi que posso voar
Voar alto
Voar longe
E posso até realizar meus sonhos


Minha varinha mágica?
A fé e a força



(ana maria de abreu siqueira)
Imagem: "Girl Dressed as Fairy Playing in Garden" (₢ Moodboard / Corbis)
Disponível em: www.corbis.com

2 comentários:

Carlinha Abreu disse...

Perfeito. Você é uma fada maravilhosa e sempre vai voar pra qualquer lugar que desejar.

Te amo!

Eduardo Trindade disse...

Querida amiga!
Demorei alguns dias para te responder... Mas não posso deixar de dizer que eu também adorei a coincidência! (Aliás... eu adoro coincidências!...)
Então: que não nos faltem asas e, principalmente, que não nos falte consciência das asas que temos. Muitos e bons voos para nós nesses dias que virão!
Abraços!