6 de novembro de 2006


Até em meus sonhos me persegues?
Já não te bastas minha voz e meu retrato?
As risadas e a poesia?
Já me levaste o juízo e a calma
Agora queres o meu pensar?
(ana maria de abreu siqueira)

6 comentários:

Cecilia Cunha disse...

Belissimo! Será amar?

Fica bem
Beijo

Márcio Bezerra disse...

Sim querida, o pensar é o ultimo estágio...
abraços...

Sidarta disse...

Sonhar é fácil, viver o sonho é que é difícil. Eu também ando sonhando com minha poesia... Será arte?

neotenia disse...

Sonahndo com poesias?...Hum!Então escrev-as poeta...escreve-as!

Beijos!

Ramon de Alencar disse...

...
-E não passamos todos de escritores de sonhos....

neotenia disse...

É verdade...Somos todos escritores de sonhos...insaciáveis!